Branding: 4 exemplos de experiência de marca inovadoras

Tempo de Leitura: 5 minutes

Experiência de marca é algo que, se não for bem conduzida, pode acabar tendo um impacto negativo para sua estratégia. Ações promocionais no ponto de venda, por exemplo, são comuns. Certamente você já recebeu uma amostra grátis de um produto no supermercado. Mas quantas marcas você pode dizer que realmente investiram em inovação em uma ação mercadológica que já é tão difundida?

Uma experiência única, parte de uma boa estratégia de branding, deve ir além de uma barraquinha com comida de graça. Deve ir além, inclusive, de um evento patrocinado em que a única experiência com a marca está no nome!

A seguir, você verá exemplos de inovação em branding que atraem pessoas para terem uma experiência única com a marca. Confira!

1. Pra ficar bonito no Insta

Já ouviu falar do festival anual de música em Coachella, na Califórnia? É um grande evento. No palco desse festival já pisaram Prince, Madonna, Amy Winehouse, Daft Punk e até mesmo um holograma do 2Pac. Ok, esse último não pisou literalmente no palco, mas foi um outro bom exemplo de inovação para o branding do próprio festival!

No entanto, o exemplo de inovação que será tratado aqui é a campanha da rede de restaurante drive-in Sonic. O desafio: promover uma linha de milkshakes premium. A solução: promover uma ação no Instagram exclusiva durante a festival, aproveitando o formato. Literalmente aproveitando o formato. Sim, toda a linha de milkshakes da Sonic era quadrada, com fotos de divulgação que encaixavam certinho no quadro do Instagram.

Do copo à cereja, tudo era quadradinho e simétrico. Ou seja, perfeito para qualquer jovem no Coachella que queria chamar a atenção no Instagram! A ação da marca vendia os milkshakes exclusivamente no evento, somente via Instagram. Por meio de geolocalização, promotores iam até a pessoa que clicou no botão de comprar no aplicativo e entregavam o milkshake quadrado.

Mas e o pagamento? Bastava simplesmente postar a foto no Instagram. Esse é um exemplo de inovação não somente no branding, mas em conhecer a percepção do público e as características principais do Instagram para ampliar o público da marca nesse canal.

2. A experiência cultural da Guinness

Poucas marcas têm um poder de inovação em branding gigante ao ponto de se tornarem parte de um roteiro turístico. No entanto, o museu da Guinness em Dublin é um desses raros exemplos. Todo o roteiro e as atrações do museu são uma experiência direta com a cerveja, porém tudo estruturado para focar em diferentes aspectos de uma única característica: o sabor.

Os resultados que impressionam são justamente o impacto da marca para o turismo da cidade. De acordo com a revista Forbes, mais de 50% das pessoas que estão a passeio por Dublin visitam o local. Dessas, 92% são turistas de outros países. Isso mostra como um o brand experience aliado a uma estratégia de inovação pode ir além e oferecer uma experiência genuína sem parecer uma propaganda barata.

3. A experiência interativa da Samsung

Em um mundo praticamente digital, buscar a inovação e um brand experience impactante  por meio da experiência presencial torna-se cada vez mais difícil. Imagine, então, ter de competir com uma Apple Store literalmente do outro lado da rua. Esse era o desafio da loja Samsung 837 em NY.

O foco da experiência e inovação promovida pela marca vem justamente em mostrar, por meio de diferentes produtos e tecnologias Samsung, como proporcionar uma experiência única.

Em vez de ser uma loja convencional, nada é vendido na Samsung 837. Trata-se de uma estratégia de branding diretamente voltada para atrair o consumidor para o valor de inovação da marca. Tendências como IoT (Internet of Things – Internet of Things) e realidade virtual são apresentadas por meio de instalações artísticas exclusivas.

4. Ligando sua marca à experiência que seu público busca

Em uma ação realizada pela Heineken em um supermercado no Chile, era oferecida uma chance valiosa: uma viagem para ver a final do campeonato da Champions League. Uma promotora oferecia metade do ingresso e o torcedor tinha 3 minutos para achar a outra metade no supermercado.

A inteligência da ação está, novamente, em pensar como pensa o consumidor e oferecer uma experiência valiosa e exclusiva. Conhecendo a paixão do público chileno da cerveja Heineken pelo esporte, a tática de utilizar o ponto de venda do produto para a ação promocional foi um exemplo muito além de um copo de cerveja grátis!

Considerações finais

Investir em inovação exige conhecer a percepção do consumidor e os valores principais da marca. A partir disso, é preciso também ver o que está sendo feito por sua concorrência e ousar ir além.

Experiências que engajem socialmente seu público, ofereçam algo relevante e surpreendam são raras. Por isso, busque na experiência de marca uma oportunidade de inovar e fidelizar seu público de uma forma que nenhuma ação convencional de marketing e vendas poderia fazer.

 

E então, pronto para inovar em sua gestão de marcas? Gostou dos exemplos que apresentamos? Deixe sua mensagem nos comentários e continue acompanhando nosso blog para conhecer outros cases e boas práticas e gerar insights para o seu negócio!

O que é Branding?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *