Como definir seu posicionamento de marca?

Tempo de Leitura: 4 minutes

Digo sempre que o propósito de marca é aquilo que dá volume e forma ao seu negócio. Isso é: o perfume, a roupa e o tom que você usa para abordar e conquistar o seu público.

Agora, quando falamos em posicionamento de marca, não se trata, apenas, de como você quer ser visto, mas como o consumidor enxerga você. Quer dizer: ele pode odiar o seu perfume, se ofender com o seu tom e não gostar de suas roupas.

E isso pode ser bom, sabia? O que seria dos Stones se todos gostassem dos Beatles? Posicionar significa, acima de tudo, abrir mão de tudo que você não é para ser outra coisa.

Daí, a relevância em ter não apenas uma afirmação de quem é a sua empresa, mas como você constrói essa imagem perante a percepção do público. E isso só ocorre quando você possui uma estratégia bem planejada nesse sentido!

Como definir seu posicionamento de marca?

Posicionamento de marca: propósito x percepção

Que fique claro, primeiramente: não cabe exclusivamente ao público a responsabilidade de estabelecer o seu posicionamento de marca.

O que acontece é uma resposta à maneira como você se apresentou ao público. Quanto mais clara, transparente e objetiva a sua mensagem, mais fácil o consumidor vai perceber o seu propósito.

Normalmente, isso ocorre por conta do conteúdo que você produz, na construção de sua identidade visual, na abordagem e no relacionamento com o público e também na qualidade de suas soluções.

Para isso, a segmentação é o caminho natural para que você construa a audiência mais qualificada possível para o seu negócio, fazendo da internet uma verdadeira rede de encontros com o seu público. Vamos ver como?

Definindo o público de sua empresa

Independentemente de possuir uma ou 20 soluções para diferentes necessidades, um posicionamento de marca sabe quem ele pode impactar — e como!

Essa tarefa se inicia ao identificar esses perfis para produzir um conteúdo que desperte o interesse, incentive o engajamento e construa um relacionamento. Quer dizer: aquela audiência qualificada em ouvir o que você tem a dizer, diferentemente dos comerciais de TV, por exemplo, em que a mensagem é enviada para milhões e poucos milhares têm real interesse nela.

Do contrário, você vai escrever da maneira mais genérica possível e nunca se relacionar verdadeiramente com ninguém.

Posicionamento de marca: propósito x percepção Que fique claro, primeiramente: não cabe exclusivamente ao público a responsabilidade de estabelecer o seu posicionamento de marca. O que acontece é uma resposta à maneira como você se apresentou ao público. Quanto mais clara, transparente e objetiva a sua mensagem, mais fácil o consumidor vai perceber o seu propósito. Normalmente, isso ocorre por conta do conteúdo que você produz, na construção de sua identidade visual, na abordagem e no relacionamento com o público e também na qualidade de suas soluções. Para isso, a segmentação é o caminho natural para que você construa a audiência mais qualificada possível para o seu negócio, fazendo da internet uma verdadeira rede de encontros com o seu público. Vamos ver como?   Definindo o público de sua empresa Independentemente de possuir uma ou 20 soluções para diferentes necessidades, um posicionamento de marca sabe quem ele pode impactar — e como! Essa tarefa se inicia ao identificar esses perfis para produzir um conteúdo que desperte o interesse, incentive o engajamento e construa um relacionamento. Quer dizer: aquela audiência qualificada em ouvir o que você tem a dizer, diferentemente dos comerciais de TV, por exemplo, em que a mensagem é enviada para milhões e poucos milhares têm real interesse nela.  Do contrário, você vai escrever da maneira mais genérica possível e nunca se relacionar verdadeiramente com ninguém.

Por isso, existem algumas formas de filtrar com quem você quer se comunicar. Algumas delas:

  •         Geográfica: comece identificando onde existe a concentração do seu público (comece amplo, como o Brasil, e vá restringindo para um Estado, cidade e até mesmo bairro);
  •         Demográfica: estipule o perfil com características que incluem o seu sexo, idade, profissão, nacionalidade, classe social, grau de instrução, profissão e religião, até. Mas, mais do que entender se a sua cliente tem 35 anos e ganha 10 salários-mínimos por mês, você deve conhecer suas dores e, principalmente, como saná-las;
  •         Psicográfica: estenda a análise ao estilo de vida do público e seus valores — informações relevante para criar uma identificação maior com o seu conteúdo;
  •         Comportamental: é todo o hábito de consumo diário desse consumidor em potencial, buscando a compreensão de onde eles procuram o que você pode oferecer a eles.

Com essas respostas, você consegue traçar com mais precisão o perfil ideal que pode se tornar a sua audiência e, consequentemente, perceber com clareza o seu posicionamento de marca.

O afunilamento do seu posicionamento de marca

Agora, é hora de se aprofundar no inconsciente do seu consumidor, mas embrenhando-se no seu nicho de atuação. Nas estratégias mais recentes de marketing, todo o conceito se pauta em:

Enviar a mensagem certa, para a pessoa certa, no momento certo

Logo, ao saber onde você se enquadra — qual é o seu nicho de mercado —, você entende como lapidar o seu posicionamento de marca de acordo com a maneira mais assertiva de dialogar e interagir com o seu consumidor.

Não basta, portanto, escrever sobre tecnologia, por exemplo, quando você pode seguir através de nichos dentro desse mercado até encontrar o setor específico que faz pulsar o coração de sua marca e vai servir para você se relacionar de maneira qualitativa com seus clientes.

Para isso, você deve identificar, em seu nicho, alguns aspectos que você deve se identificar e conseguir relacionar ao seu público, como, essa paixão pelo mesmo assunto e a sua possibilidade em solucionar os problemas e desafios deles.

Deu para entender por que o posicionamento de marca é importante, e como a sua estratégia se pauta tanto na maneira de se portar, no mercado, como na maneira de se fazer percebido pelo seu público ideal?

Como definir seu posicionamento de marca?

Para entender mais a respeito do posicionamento de marca e como desenhar uma estratégia eficiente para você se tornar a tão desejada autoridade do seu consumidor, entre em contato conosco!

O que é Branding?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *